Textos



ANO NOVO!! VIDA NOVA!!!!


De todos os textos que já li sobre o ano novo, o melhor mesmo, na minha humilde opinião, é o de Drummond, "Cortar o Tempo", em que ele diz que foi genial quem "Teve a idéia de cortar o tempo em anos", pois doze meses são suficientes para esmorecer qualquer um, mas o milagre da renovação nos dá forças para continuar, recomeçar, permitir que a esperança funcione eternamente.
Sabemos que o Reveillon não irá promover nenhuma mudança em nossas vidas. Pior: sabemos que não será por mágica que em 2009 nos tornaremos mais bonitos ou mais ricos, mais saudáveis ou amados. Se quisermos qualquer uma dessas coisas, teremos que trabalhar duro para alcançá-las, como em 2008, 2007, 2006...
Mas, a certeza de que um novo ano se apresenta com tantas perspectivas e possibilidades pode mesmo nos dar novo ânimo. Talvez isso seja um pouco de instinto atávico, remanescente de nossos anos na escola, quando as férias de dezembro eram o marco entre uma série e outra e toda a sensação de recomeço que isso significava. Talvez seja o sentido religioso de que, agora, temos Cristo entre nós de novo, para nos salvar. De carona no Natal nos predispomos a perceber o novo ano como uma dádiva, um presente merecido.
As tradições transformam as celebrações em festas. Os melhores pratos, elaborados com carinho, as mais deliciosas bebidas, os trajes mais lindos, os fogos, as luzes...
Embriagados dos desejos sinceros de felicidades ou dos vinhos e champanhe consumidos a cântaro, sentimos à nossa volta uma confortável e empolgante aura de energias positivas que vão nos acompanhar, pelo menos nos primeiros meses do ano.
Aliamos ao otimismo um pouco de superstição e saltamos sete ondas, jogamos moedinhas para dentro de casa, comemos lentilhas, romãs, uvas e carne de porco que fuça pra frente ao invés das aves que ciscam par trás, colocamos dinheiro no sapato, evitamos bolsos vazios, vestimos roupas brancas e novas, calcinhas amarelas ou vermelhas, conforme procuremos fortuna ou paixão...
É um momento em que parece que tudo vai mesmo dar certo, o universo inteiro conspira ao nosso favor... E nos vem às mentes o desejo de traçar planos, metas... Fazemos a velha lista de proposições para o ano. São promessas que provavelmente não vamos cumprir, é bem provável que sejam as mesmas do ano passado. Mas fazemos assim mesmo. E apenas essa decisão já nos faz sentir pessoas melhores, mais próximas de nossos ideais.
Ano novo! Vida Nova!
Pois neste ano novo, aos meus amigos todos, você inclusive, não vou desejar sucesso, amor, saúde...
O que eu vou desejar a todos nós são 365 "dias novos! vidas novas!"
Que a cada dia tenhamos essa ilusão de boa ventura e esperanças, tracemos planos, façamos promessas que nos aproximem mais de nossos ideais.
A cada anoitecer, exaustos pelas pequenas batalhas vencidas, nos enchamos de energia para as batalhas que nos esperam no dia seguinte, que sintamos o calor reconfortante da fé e do amor dos que nos cercam e torcem tanto por nós...
A cada manhã, celebremos a vida que se nos oferece como uma oportunidade imperdível de felicidade e de paz.
Nena Medeiros
Enviado por Nena Medeiros em 30/12/2008
Alterado em 27/12/2010


Comentários