Textos



Os Gatos


O gato andava ocupado
Trabalho, estudo e a gata
Que, em teto de zinco quente
O fazia de gato e sapato

O gato também tinha um gato
Com acesso a duzentos canais
E neles acompanhava
Séries, jogos e jornais

O gato só não esperava
Encontrar no meio da noite
De chuva intensa e de frio
De olhos esbugalhados
Um triste gato vadio

Consultou um bom doutor
Vacinou, cuidou, castrou
Depois, levou para casa
Deu banho, comida, carinho
Sequer ligou a TV
Dispensou a louca amada
Preferiu ficar sozinho
Pensando no que fazer

Buscava um pulo de gato
Um lar melhor para o gato
Alguém com menos trabalho
Sem gato, estudo, sem gata
Mas o gato, gaiato, ficou
E o gato que andava ocupado
Aos poucos se acomodou
Aos modos felinos do gato

Deu um gato na rotina
Para encaixar o bichano
Um filhotão bem traquinas
Mudou seu cotidiano
O nome do novo amigo
Não é nenhum desacato
Gato de gato só pode
Ser batizado de Gato

 



Este texto faz parte do Exercício Criativo - O Gato e o Gato
Saiba mais, conheça os outros textos:
http://encantodasletras.50webs.com/ogatoeogato.htm







 
Nena Medeiros
Enviado por Nena Medeiros em 22/04/2019
Alterado em 01/05/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Peço citar a autoria "Nena Medeiros" e o endereço do texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários