Textos



E é só Dia de Reis

Por mais imbecil que você seja,
sempre haverá um imbecil maior para achar que você não o é.
Millôr Fernandes

 
Em minha última crônica nesta coluna, fiz um alerta sobre as expectativas de muitos para este novo ano, tão aliviados pelo fim de 2016.
Que boca maldita a minha… 2017 não começou mesmo nada bem.
Além dos muitos animais que perderam-se ou morreram em decorrência da queima dos fogos - como sempre -, houve algumas baixas entre os humanos também, inclusive de uma bebê de dez meses, atingida por um rojão.
Ainda durante a festa da virada, ataque terrorista em Istambul mata 39 pessoas e, em Campinas, um machista imbecil (desculpa aí, o pleonasmo) atirou contra a ex-esposa, familiares dela, o filho do casal e suicidou-se, depois de deixar mensagem em que se diz injustiçado, ofende às mulheres da família chacinada, ataca o feminismo e pede desculpas. Meigo, ele.
Feministas e machistas manifestaram-se sobre o episódio. No primeiro grupo, alguns exageros, muita generalização, mas nada que comprometa. Quanto ao segundo, sério, foi concorrência desleal com O Sensacionalista. Concordo que, nem sempre, deve-se priorizar a mãe na guarda dos filhos. Em muitos casais, o pai é mais preparado, ou, ao menos, tem mais condição para cuidar das crianças. Penso, também, que as acusações da mãe e o ódio do garoto pelo pai não são provas cabais de que ele fosse autor de abusos, já que é fácil fazer a cabeça de uma criança. Mas daí a dar razão ao infeliz... Inacreditável ler tanta insanidade sobre o tema, sobre o quanto as mulheres são interesseiras, oportunistas e se valem de uma legislação protetora para tirar vantagens dos homens... Menos, né, gente!! O episódio em si já foi bastante lamentável, não é preciso vocês piorarem as coisas desse jeito! Pára que tá feio!
E, por falar em feio, entrou e, graças aos protestos nas redes sociais, já saiu das ruas a campanha de conscientização no trânsito que diz que gente de bem também pode matar. Em vídeo, até ficou clara a ideia. Já, nos cartazes...
Protestos também já tomaram as ruas, contra o aumento de 25% nas passagens do DF; rebeliões em presídios, no Amazonas, expõem a face ultra-direitista do brasileiro comemorando os 56 bandidos bons.
E ainda é só dia de Reis!! Acho que vai bater saudades de 2016...

 
Texto publicado no jornal Alô Brasília de hoje.
Nena Medeiros
Enviado por Nena Medeiros em 06/01/2017
Alterado em 06/01/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Peço citar a autoria "Nena Medeiros" e o endereço do texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários