Textos

Desafio das Palavras
Eu, Malu e Zélia, após lermos o texto da Maria Olímpia (Uma Nuvem de Palavras), onde ela narra um exercício proposto por Dagmar Braga, dona de um espaço cultural em Belo Horizonte, decidimos exercitar nossas verves brincando com as mesmas palavras (pedra, caminho, nuvem, esperança, espera, desejo, abraço, espelho, perder, corpo, vida, espanto). Porém, são palavras que remetem à melancolia e nos propusemos o desafio de escrever algo divertido com elas. Desafio feito, desafio aceito e cabe ao querido leitor julgar o mais engraçado. Ao final, estão os links para os textos delas.
Obrigada.

                              *****************************

"No meio do caminho, havia uma pedra. Havia uma pedra no meio do caminho."
(Carlos Drummond de Andrade)
Antes fossem nuvens. Uma grossa nuvem de chuva densa para refrescar meu corpo nessa tarde infernal de seca na capital federal.
Ih! Rimou, mas rimou mal.
Fazer o quê?
Não há mais vida inteligente em mim, que esperança!!
Pode procurar... Vai perder tempo.
Perceberá com espanto que o sangue fervendo já me derreteu os neurônios. Todos os dois: o tico e o teco.
Mas, enfim, a noite chega. Com ela a brisa fresca renova as minhas forças.
Um banho, aquela camisola que me faz tão linda ao espelho.
Você chega sorrindo, com seus olhos de desejo.
Entrego-me lânguida ao aconchego do seu abraço.
A temperatura sobe, o suor escorre, tudo fica quente...
Que maravilha, esse calor intenso!!


                                 ******************************

Não deixe de conhecer o texto da Malu:
http://www.recantodasletras.com.br/cronicas/1175524

E o da Zélia:
http://www.recantodasletras.com.br/cronicas/1175563
Nena Medeiros
Enviado por Nena Medeiros em 13/09/2008
Alterado em 25/05/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários