Áudios

O Sabiá e o Natal
Data: 24/12/2015
Créditos:
Letra: Nena Medeiros
Melodia, produção, mixagem: Lula Canário
Vozes: Vitória Canário e Isabela Valente
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Peço citar a autoria "Nena Medeiros e Lula Canário" e o endereço do texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


O Sabiá e o Natal

De galho em galho, o sabiá
Interpreta seu recital
Aqui embaixo a gente está
Atarefada com o Natal
Presentear, enfeitar, festa
Sem notar lá no céu, o pio do
Sabiá, em seresta
Canta alegre pra ninguém
Como um sino a anunciar
O menino Jesus já vem

Tanto canto a ecoar
Em alguém, faz-se enfim ouvir
Que a todos mostrará
Linda estrela a luzir
A guiar, quem olhar, festa
E a gente vai escutar o pio do
Sabiá, em seresta
Canta alegre pra alguém
Como um sino a anunciar
O menino Jesus já vem


Sávio, o sabiá, ciscava próximo a uma hospedaria, quando viu se aproximar um casal.
O homem seguia a pé, a mulher sobre um jumentinho. Já anoitecia e todos pareciam cansados, mas seus semblantes eram felizes e tranquilos.
Ela desceu da montaria, ajudada pelo acompanhante e levou o animal para tomar água e refrescar-se um pouco, num cocho ao lado, enquanto o rapaz entrou na hospedagem.
Sávio viu que ela estava grávida, já de muitas semanas e, sem saber porque, sentiu-se muito bem, uma vontade enorme de cantar.
Passados alguns instantes, o homem saiu pela porta, uma pequena sombra a percorrer-lhe o olhar. A jovem entendeu logo que não seria possível que se hospedassem ali, mas sorriu e foi ao seu encontro.
- Não desanime, José. - ela disse, com doçura.
- Ah, Maria! É a terceira hospedagem que tentamos… Precisamos de abrigo. Você precisa de um lugar seguro e limpo onde ter o bebê.
- Não se preocupe. Até aqui, nos acompanhou o Senhor. Veja, que até o sabiá canta de noite, para nos alegrar.
Ao ouvir isso, Sávio ficou ainda mais empolgado e não parou mais de cantar. Ele seguiu a sagrada família aquela noite, até a pequena estrebaria onde o bebê nasceu, e só silenciou respeitoso, quando viu o menino Jesus na manjedoura. Sávio, o sabiá, desde então, sempre às vésperas do Natal, vem entoar seu canto para anunciar ao mundo, a chegada do Salvador.
 
Música de Natal composta com o primo Lula Canário. O conto também foi escrito a pedido dele, para compor a história do Sabiá.

Letra: Nena Medeiros
Melodia, produção, mixagem: Lula Canário
Vozes: Vitória Canário e Isabela Valente
Enviado por Nena Medeiros em 24/12/2015

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Peço citar a autoria "Nena Medeiros e Lula Canário" e o endereço do texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários