Áudios

Vida de Casal
Data: 30/05/2013
Créditos:
Música de Lula Canário, letra de Nena Medeiros.
Violão e voz: Lula Canário, Voz: Vitória Canário.
Música selecionada para a segunda fase do SESC Pompéia, cuja seletiva ocorre neste sábado, dia 01/06.
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Peço citar a autoria "Nena Medeiros" e o endereço do texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Vida de Casal


Minha nega me chuta da cama bem cedo
Quer por que quer que eu arrume um emprego


Meu nego tem bronca lá da gafieira
Que eu danço colada, sambo a noite inteira


Ela implica do bar com os amigos
O que ela quer? Que eu só tenha inimigos?


Ele reclama que eu gasto em salão
Vê lá se me quer se eu virar um dragão


Não sei o que fazer
Difícil de aturar
Já tô pensando em separar

Difícil de aturar
Não sei o que fazer
Assim é que não pode ser

Meu nego me trata como uma princesa
Me faz mil vontades, é só gentileza


Traz café na cama, nega sensual
Na minha ressaca me dá Sonrisal


Se vai ao mercado, traz sempre um presente
Deu dor de cabeça, o neguinho me entende


A minha neguinha me trata tão bem
É carinho, chamego e massagem também


E quando apago a luz
A nega vem deitar
Mulher igual no mundo não há


O nego tem o dom
De me fazer mulher
Gosto dele do jeito que ele é


E quando apaga a luz
A gente vai deitar
Se beija, se abraça, sem parar

A vida segue em frente
Casal é mesmo assim
É tudo que eu quis pra mim




Clique aqui para ouvir a linda interpretação de Lula e Vitória

Música de Lula Canário, letra de Nena Medeiros.
Violão e voz: Lula Canário, Voz: Vitória Canário.
Música selecionada para a segunda fase do SESC Pompéia, cuja seletiva ocorre neste sábado, dia 01/06.

Enviado por Nena Medeiros em 30/05/2013

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Peço citar a autoria "Nena Medeiros" e o endereço do texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários